Peneda-Gerês CompetiTUR
 
Operação NORTE-02-0853-FEDER-000029 - Peneda-Gerês CompetiTUR
 
Resumo do projeto
O projeto designado Peneda-Gerês CompetiTUR tem como prioridade a competitividade das PME do setor do turismo, e em particular do turismo de natureza, na região da Peneda-Gerês, um território que, do ponto de vista dos fatores de competitividade e diferenciação do destino, tem já a seu favor o facto de ser o único Parque Nacional do país, uma Reserva da Biosfera declarada pela UNESCO e uma área protegida reconhecida pela Carta Europeia do Turismo Sustentável (CETS).
A competitividade de um destino turístico depende, em grande medida, da qualidade e diferenciação dos seus recursos e ativos e da capacidade das empresas transformarem esses recursos ímpares num produto transacionável, inovador, diferenciador e, portanto, mais competitivo. Tornar o destino mais competitivo significa, então, ter também empresas mais competitivas.
Neste sentido, a ADERE-PG em parceria com a INCUBO - Associação para o Centro de Incubação de Base Tecnológica do Minho e o IPVC (Instituto Politécnico de Viana do Castelo/ Escola Superior de Desporto e Lazer) apresentaram o projeto CompetiTUR ao Norte 2020 com o objetivo de apoiarem e incentivarem a competitividade das empresas que atuam na economia do turismo da região, propondo atuarem ao nível da resposta aos principais fatores críticos de competitividade dessas empresas e, por conseguinte, da afirmação do território como destino turístico de excelência, capaz de se posicionar e afirmar no mercado global.
As ações propostas estão organizadas no sentido de trabalhar ativamente metodologias e ferramentas de apoio às PME para a competitividades, através da dinamização de workshops (sessões de trabalho para transferência de ferramentas) que vão procurar de uma forma muito prática trabalhar os principais fatores críticos de competitividade, designadamente nas seguintes áreas:

  • inovação e organização do Turismo de Natureza,

  • especialização do produto turismo de natureza,

  • qualificação, sustentabilidade e responsabilidade ambiental e social das empresas de turismo de natureza,

  • sistemas de certificação em turismo de natureza, turismo ativo e de ar livre,

  • coopetição, rede de valor, redes de cooperação e clusterização,

  • marketing e comercialização digital,

  • preparação para a internacionalização.


Serão desenvolvidos estudos e diagnósticos e produzido um conjunto de informação para suportar e influenciar positivamente a mudança estratégica e competitiva da base empresarial.
Estão propostas duas ações piloto que visam a criação de ferramentas de apoio para a qualificação, posicionamento, competitividade das PME.
Finalmente, é ainda propósito a construção de uma plataforma de promoção e vendas coletivas, que certamente trará um apoio inegável ao mundo cada vez mais eletrónico e autonomizado da procura, compra e venda das viagens e serviços turísticos, bem como à promoção internacional do destino turístico Parque Nacional da Peneda-Gerês/ Reserva Mundial da Biosfera.
 
3 Objetivos Estratégicos
- Reforçar a competitividade das PME do setor do turismo de
natureza, na região da Peneda-Gerês;
- Aumentar a visibilidade internacional do turismo do território do PNPG, que apresenta como o mais recente atributo ser RESERVA MUNDIAL DA BIOSFERA;
- Preparar as empresas para a internacionalização;
 
Objetivos específicos
- Sensibilização coletiva das empresas do setor do turismo para os fatores críticos da competitividade;
- Dotar as empresas de meios (ferramentas, metodologias e informação específica) adequados para reforço da sua performance nos domínios da qualificação, inovação, eficiência e sustentabilidade, certificação, diferenciação e especialização inteligente;
- Facilitar a implementação de processos de cooperação e coopetição, numa lógica de criação de Rede de Valor;
- Apoiar as PME na montagem e inovação de serviços e produtos turísticos integrados (pacotes turísticos - rede de valor);
- Incentivar a implementação de processos de certificação e de boas práticas ao nível da responsabilidade ambiental, social e económica;
- Criação de uma rede de cooperação do setor. Reforçar a relação de confiança entre as diferentes empresas do setor (com base num sistema normalizado de qualidade), de modo a facilitar a construção de parcerias comerciais;
- Aumentar a visibilidade internacional do turismo do território do PNPG, através da centralização da oferta turística;
- Preparar as PME para um futuro processo de internacionalização.
 
Adere © 2012. All rights reserved
Developed by Netgócio ®